Escolha uma Página

O PCdoB do Rio de Janeiro convoca toda a sua militância a se solidarizar com as dificuldades materiais que se agravam na Pandemia. Lembramos que a palavra Comunismo tem sua origem no sentido Comum, Comunitário, Solidário e Comunhão Os Comunistas precisam ser sensíveis ao momento em que a classe trabalhadora se encontra. Apresentar saídas coletivas e de união, falar de esperança e de uma nova sociedade

As nossas ações solidárias precisam ser ferramentas para fortalecer uma rede e nossos candidatos que são as nossas lideranças públicas. Precisam ser linha de frentes nessas ações. Nossas entidades de massas também estão desafiadas a auxiliar nessa construção e reforçar essa luta. Essas ações podem ser próprias do PCdoB, pelo Movimento 65 e Movimento dos Comuns.

Porém devemos também buscar parcerias com entidades da sociedade (associações de moradores, igrejas, frentes políticas e sindicatos). Essas ações podem ser de recolhimento de alimentos, material de limpeza, produtos de higiene ou divulgação de informação. Os sindicatos que estamos inseridos estão sendo acionados para auxiliar nas campanhas, abrindo suas sedes e subsedes ajudando a pensar na logítica de transporte. A Juventude está sendo convocada para, além de realizar suas ações, auxiliar na distribuição de materiais.

Todas as ações devem ser enviadas a secretária de comunicação (no e-mail comunicacaopcdobrj@gmail.com) para divulgação em nossas redes.

É preciso que essas ações também sejam para nossa militância que também é trabalhadora e muitas em trabalho informal. Os municípios devem ativar o Socorro Vermelho, uma prática antiga entre os comunistas.

Sejamos solidários e cantaremos a esperança de dias melhores

Batista Lemos – Presidente do PCdoB-RJ

Graziele Monteiro- Secretária de Movimentos Sociais do PCdoB-RJ